Santa Luzia Redes e Decoração cria redário para seleto público de congressistas e pesquisadores

Santa Luzia Redes e Decoração

Em agosto, a Santa Luzia Redes e Decoração participou do maior evento de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e Eficiência Energética (EE) do setor elétrico do Brasil. Durante o IX Citenel e V Seenel criou um redário no Centro de Convenções de João Pessoa – PB para acolher congressistas e pesquisadores que se dedicaram ao tema “Inovação e Integração: Respostas Locais a Barreiras Globais”.

A Santa Luzia Redes e Decoração participou promovendo conforto aos quase três mil inscritos de várias regiões do Brasil. Todos puderam vivenciar a experiência do balanço das redes — até mesmo o Secretário de Energia do Ministério de Minas e Energia, Fábio Lopes Alves, e Thiago de Barros Correia, diretor da Aneel, estiveram na mostra e conheceram o espaço.

O convite à Santa Luzia Redes e Decoração garantiu também visibilidade do seu principal produto rede a um seleto público de empresas de energia elétrica e instituições. Nesta edição, organizada pela Distribuidora Energisa, foram 27 estandes divulgando suas inovações tecnológicas. Para a empresa têxtil Santa Luzia tratou-se de uma oportunidade de demonstrar sua produção inovadora que tem como norte a sustentabilidade.

“Fomos convidados para estar no evento porque trabalhamos com um produto regional, de fabricação local, mas sobretudo pela forma inovadora que desenvolvemos nossos produtos. As nossas redes, entre outras peças utilitárias e decorativas, são feitas com fios de retalhos de tecidos de algodão das sobras das confecções mesclados com fios de garrafas PET recicladas. Ao se adotar o uso desta matéria-prima, optamos pelo conceito de sustentabilidade com economia de recursos”, explica Armando Dantas, CEO da Santa Luzia. Os fios usados na confecção das peças são de resíduos da indústria. E, como os fios já são coloridos, elimina-se a etapa de aquecimento de água, economizando energia.

Outra matéria-prima é o algodão colorido orgânico, cuja pluma já nasce colorida, sem uso de aditivos e corantes. “Trata-se de um produto inovador porque a produção no campo não é irrigada. Do plantio à tecelagem, a economia de água chega a 87,5%. Na indústria têxtil é o tingimento e o uso da água que causam grande impacto ambiental. Trabalhamos para evitar isso”. O objetivo da empresa é ir além, por isso o CEO anuncia em breve a instalação de painéis fotovoltaicos na fábrica para aproveitar a energia solar e, assim, economizar ainda mais energia elétrica.

Redes do Nordeste estão no Green Nation Fest

Santa Luzia Redes e Decoração

A Santa Luzia Redes e Decoração marcou presença no Green Nation Fest realizado de 24 a 27 de novembro no Museu do Amanhã e Pier Mauá, no Rio de Janeiro. O evento, que acontece a cada dois anos, tem como propósito  engajar pessoas em torno do tema sustentabilidade.

A empresa de São Bento, na Paraíba, entrou como parceira no projeto com o objetivo de endossar o movimento. “Nossa proposta sempre foi a sustentabilidade. Nossos produtos têm como base o algodão colorido orgânico e também os fios reciclados feitos com algodão desfibrado e reconstituídos com garrafas pet”, explica Armando Dantas, CEO da Santa Luzia Redes e Decoração. Ele também ressalta a importância do trabalho de Marcos Didonet, idealizador e diretor do Green Nation. “O Didonet é um exemplo para todos nós. Ele começou este projeto quando ninguém acreditava no tema. E sustentabilidade não é um modismo, é uma necessidade humana”, diz.

O tripé da sustentabilidade

A sustentabilidade só existe a partir do triplé definido há 22 anos pelo britânico John Elkington: pessoas, planeta e negócios. “Sem planeta não há pessoas e sem pessoas não há negócios”, ele define. Ou seja, para produzir de forma sustentável é preciso pensar no aspecto ambiental, econômica e social. O processo produtivo da Santa Luzia Redes e Decoração segue esta orientação. “A nossa proposta sempre foi usar matéria-prima orgânica ou reciclada para produzir sem danos ambientais e aproveitar todos os resíduos para novos produtos. É importante ter atitude de respeito ao meio ambiente e aos trabalhadores. E garantir que a produção seja economicamente viável e socialmente justa para todos. Isso significa que todos os envolvidos na cadeia produtiva têm que ganhar”, explica Armando.

O convite para expor no Green Nation veio de Geni Rodio Ribeiro, conselheira do movimento e também consultora da Santa Luzia Redes e Decoração para o mercado internacional. Ela comenta que o movimento para a sustentabilidade deve se expandir e se tornar uma plataforma. “O objetivo é também aproximar as marcas sustentáveis dos grandes compradores do mercado”.

No Green Nation as redes da Santa Luzia Redes e Decoração foram espalhadas no cais do Pier Mauá. E na instalação “Ateliê Moda Sustentável” o algodão colorido e os fios reciclados estão ao lado de tecidos sustentáveis da empresa.

O evento tem programação extensa e intensiva, com palestras e debates, mas também tem de simuladores de passeios por geleiras a mostra de filmes. De acordo com Didonet, o festival tem como objetivo sensibilizar pessoas, empresas e organizações de maneira lúdica e interativa porque o entretenimento é uma excelente ferramenta para impactar pessoas sobre questões ambientais. “A intenção é mobilizar mais pela sensação do que pela informação”, conclui o diretor do Green Nation Fest.

Veja o vídeo oficial do evento: https://youtu.be/Qx102fhgttw

 

Empresa paraibana leva criatividade e inovação para maior feira do mundo de produtos para jardinagem e decoração na Alemanha

Santa Luzia Redes e Decoração

 

Cada vez mais alinhada com o conceito de economia sustentável a Santa Luzia Redes e Decoração participa, entre os dias 04 a 06 de setembro, do evento Spoga+gafa na cidade de Colônia-Alemanha. Considerada a maior feira de jardinagem e decoração do mundo, os produtos que fazem sucesso em todo o Brasil e em outros países, serão mostrados para cerca de 40 mil visitantes de 110 países, que se reúnem para ver de perto o que há de mais inovador e bonito em matéria de paisagismo e decoração de áreas externas. O setor movimenta mais de R$ 2,5 bilhões no Brasil.

Com o diferencial de trabalhar com matéria prima ecologicamente correta como algodão colorido orgânico e fios reciclados a partir de retalhos de tecidos e mesclados com garrafas PET, a empresa vai expor produtos como redes de dormir, mantas, xales para sofás, tapetes, jogos americanos, cortinas e almofadas. “Estamos certos do sucesso da feira e da nossa participação”, assegura Armando Dantas, CEO da empresa. “Há tempos que víamos como uma grande oportunidade, pois o mercado está muito carente de propostas inovadoras e de empresas que buscam a satisfação do cliente”, assegura.

A expansão da marca é um dos motivos para os investimentos no mercado internacional. “Acredito que estamos aptos a ocupar este espaço, pois nossa empresa está no mercado há 30 anos atendendo diretamente os consumidores em nossas sete lojas nas cidades de São Bento e João Pessoa (PB), Fortaleza (CE), Natal (RN) e Brasília (DF), além de contar com uma equipe capacitada para atender o mercado nacional e internacional”, revela Dantas.

A participação na Spoga+gafa é uma das estratégias para conquistar o mercado europeu, cujos consumidores enxergam a produção sustentável como um diferencial competitivo. “Dispomos atualmente de toda uma cadeia produtiva exclusiva, desde a matéria-prima até a finalização das peças.

O fio de algodão colorido orgânico é adquirido de assentamentos e comunidades que trabalham com a Agricultura Familiar e os fios reciclados comprados de empresas têxtil são acrescidos de material proveniente de garrafas PET. A empresa também conta com fábrica exclusiva em outro país, tecelagem própria e mão de obra de  artesãs capacitadas, que são  parceiras desde a sua fundação e fazem os acabamentos manuais dos produtos, transformados em verdadeiras obras de arte”, finaliza o CEO.

A Feira – A Spoga+gafa é a maior feira mundial de produtos e acessórios para jardim. Acontece anualmente em Colônia, Alemanha e conta com a participação de 2.012 expositores de 56 países e cerca de 40.000 visitantes de 110 países. Com uma área total de 240.000 m² a exposição é dividida em quatro áreas temáticas: Garden Unique, Garden Creatin e Care, Garden Living e Garden BBq e fungrill.

 

Colaboradores da Santa Luzia Redes e Decoração são orientados sobre a importância de uso de Equipamentos de Proteção Individual

Santa Luzia Redes e Decoração

 

Os colaboradores da empresa Santa Luzia Redes e Decoração, em São Bento, no sertão paraibano, deram uma pausa no trabalho para aprender um pouco mais sobre a importância de usar os Equipamentos de Proteção Individual. A palestra promovida pelo juiz, e gestor do programa Trabalho Seguro do Tribunal do Trabalho da Paraíba, George Falcão, revelou que diariamente mais de 40 pessoas são afastadas de suas funções em razão de acidentes ou doenças relacionadas ao trabalho.

O CEO da empresa Armando Dantas elogiou a iniciativa. “Era algo que jamais imaginei que aconteceria. A visão dos empresários é que a instituição antes chegava somente para cobrar, para julgar. E agora realmente estamos vendo que os tempos mudaram, que é preciso um trabalho de reeducação para que os direitos e deveres de empregadores e de empregados sejam garantidos”, ressaltou.

Dantas ressaltou a responsabilidade das empresas e instituições promoverem o Comércio Justo, “ Em nossa empresa todos os trabalhadores são registrados. Em São Bento, a maioria das fábricas são informais, (empresa familiar, máquinas em algum espaço da sua própria residência ) , onde as próprias famílias tocam os negócios e por isso pensam que, por serem da mesma casa, não há a necessidade da formalização.

Com esse trabalho do TRT, essas empresas informais/familiares vão se conscientizar e descobrir os benefícios que terão” disse.

A ação – Durante dois dias, o Tribunal do Trabalho da Paraíba esteve em São Bento, no alto Sertão do Estado, com ações educativas na feira livre, escola estadual e fábrica de redes, além de realizar audiências em ações trabalhistas iniciadas no município.

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação do TRT Paraíba

Redes de dormir da Santa Luzia Redes e Decoração estão na Moda

Redes de dormir da Santa Luzia Redes e Decoração estão na Moda

Santa Luzia Redes e Decoração

As redes de dormir entraram na passarela transformadas em roupas pelas mãos do estilista João Pimenta. A coleção foi exibida na 41ª SPFW com a parceria da Santa Luzia Redes e Decoração, que ofereceu tecidos de algodão colorido orgânico e de fios reciclados de algodão / garrafas pet (em parceria com a Natural Cotton Color).

Estilista João Pimenta faz visita técnica à fábrica da Santa Luzia Redes e Decoração

Estilista João Pimenta faz visita técnica à fábrica da Santa Luzia Redes e Decoração

Santa Luzia Redes e Decoração

Em janeiro de 2016 a Santa Luzia Redes e Decoração recebeu a visita de João Pimenta que veio a Paraíba conhecer algumas etapas da cadeia produtiva do algodão orgânico colorido. Recepcionado por Armando Dantas (CEO), na sede da empresa, localizada na cidade de São Bento no sertão paraibano, o estilista conheceu os produtos feitos com matérias primas sustentáveis, algodão orgânico colorido e algodão reciclado.

Nossas redes garantiram ótimas vendas na ABUP Têxtil

Nossas redes garantiram ótimas vendas na ABUP Têxtil

Santa Luzia Redes e Decoração

Com o objetivo de fortalecer e ampliar o mercado têxtil do Brasil, a Associação Brasileira das Empresas de Utilidades e Presentes – ABUP, lançou em 2016 a ABUP Têxtil. A Santa Luzia Redes e Decoração marcou presença nesta primeira edição do evento que já está se tornando uma das principais feiras de produtos acabados e matérias-primas na linha Casa.

Redes de algodão colorido orgânico fazem sucesso em feira de produtos naturais na Califórnia

Redes de algodão colorido orgânico fazem sucesso em feira de produtos naturais na Califórnia

Santa Luzia Redes e Decoração

Em março, a Santa Luzia Redes e Decoração participou da 35ª Natural Products, na Califórnia. Foram levados para a maior feira de produtos naturais e orgânicos dos EUA, mantas, xales para sofás, tapetes, jogos americanos e almofadas produzidos em algodão colorido orgânico certificado pelo Instituto Brasileiro Biodinâmico – IBD além de tecidos reciclados – algodão extraído de sobras da indústria têxtil mesclados com garrafas PET.

Santa Luzia Redes e Decoração participa do 23º Salão do Artesanato da Paraíba

Santa Luzia Redes e Decoração participa do 23º Salão do Artesanato da Paraíba

Santa Luzia Redes e Decoração

Mais uma vez vamos marcar presença em um evento importante cultural e turístico na cidade de João Pessoa. Trata-se do Salão do Artesanato da Paraíba que nesta edição, escolheu como tema o Algodão Colorido, um produto que é a cara do nosso Estado e que compõe vários produtos da linha têxtil da Santa Luzia Redes e Decoração.

Com a chamada “O algodão colorido é nosso”, o evento promete gerar mais conhecimento e conscientização do público sobre o algodão ecológico produzido no Estado. A pluma já nasce colorida, sem uso de aditivos ou corantes.

Santa Luzia Redes e Decoração

Acesse nossas mídias sociais e fique por dentro de tudo o que acontece na Santa Luzia Redes e Decoração: